segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Recém-nascido é abandonado em caixa de papelão

Um bebê recém-nascido foi abandonado em uma caixa de papelão em uma rua próxima ao Terminal do Guaraituba, em Colombo. A menina foi encontrada por um casal na manhã deste domingo (29) e levada sem ferimentos à Maternidade de Colombo. O bebê foi achado por volta das 7h20 na Rua Cascavel. Ao ouvir o choro da criança, o casal encontrou a caixa e acionou o Siate, que encaminhou o recém-nascido ao hospital. Conforme o médico que prestou o atendimento, como o bebê não tinha lesões e estava apenas um pouco sujo de areia, deve ter sido abandonado pouco tempo antes. A Delegacia do Alto Maracanã deve investigar o abandono do recém-nascido.




Fonte: Paranaoline

Gaeco cumpre mandados contra fraude em cilindros de oxigênio




O Ministério Público do Paraná, por meio do núcleo regional do Gaeco de Maringá, no Norte-Central paranaense, cumpriu nesta segunda-feira (30) 56 mandados de busca e apreensão, dois de prisão preventiva e dois de condução coercitiva. 

As ações fazem parte da operação Cilindros, que investiga a adulteração de oxigênio hospitalar em 35 cidades por três distribuidoras instaladas nos municípios de Cianorte, Campo Mourão e Maringá. 

De acordo com o Gaeco, centenas de hospitais estão sendo abastecidos por cilindros de gás medicinal adulterados e com lacres falsos, sem qualquer esterilização ou controle sanitário, em desacordo com as determinações legais. Segundo as investigações, as datas de validade de inspeção sanitária dos equipamentos foram alteradas, assim como a cor dos cilindros, resultando na distribuição de cilindros industriais, de menor qualidade, no lugar de cilindros hospitalares. O Gaeco investiga também crime contra as relações de consumo, uma vez que as empresas estariam comercializando cilindros com quantidade menor de gás em relação à informada nos equipamentos.


Mandados – Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas empresas, em residências de funcionários e unidades de saúde, abrangendo os seguintes municípios: Cianorte, Jussara, São Tomé, Doutor Camargo, Barboza Ferraz, Corumbataí, Goioerê, Grandes Rios, Cruzeiro do Oeste, Mariluz, Altônia, Iporã, Terra Roxa, Umuarama, Guaíra, Iretama, Roncador, Pitanga, Santa Maria do Oeste, Terra Boa, Campo Mourão, Janiópolis, Luiziana, Engenheiro Beltrão, Quinta do Sol, Fênix, Maringá, Floresta, Nova Esperança, Presidente Castelo Branco, Atalaia, Santa Fé, Colorado, Sarandi e Itambé. 

Ainda de acordo com o Gaeco, há cerca de outras dez empresas que estão sendo investigadas. Também estão sendo apurados eventuais crimes de corrupção. Participaram da operação 20 promotores de Justiça, dez delegados de polícia e 120 policiais civis e militares, aproximadamente.

Filho mata mãe a facadas no Vale do Ivaí


Um rapaz de 21 anos matou a própria mãe, de 41, em São João do Ivaí, no Norte do Paraná, na noite deste domingo (29). O crime aconteceu na residência deles, no Jardim Ivaí, por volta das 21 horas. Segundo a Polícia Militar (PM), os dois começaram uma discussão quando Almir José Leite pegou uma faca de cozinha e começou a desferir golpes no tórax de Clenilda Barbosa Serafim. A vítima tentou correr para a rua e pedir socorro, mas não resistiu, caiu na calçada e morreu. Leite fugiu após o crime, mas foi localizado pelos policiais. A Polícia Civil informou que ele não tem antecedentes criminais nem histórico de uso de drogas. Durante a prisão, o rapaz disse que já vinha discutindo com a mãe há algum tempo, mas não revelou detalhes sobre a motivação do assassinato. A faca usada no crime também foi apreendida. Leite está na delegacia do município, onde prestará depoimento e ficará à disposição da Justiça. Ele será indiciado por homicídio qualificado.