Filhos adolescentes tentam defender mãe e matam pai a facadas



Dirlei da Luz, 34 anos, foi morto a facadas pelos próprios filhos, de 15 e 17 anos, na manhã desta sexta-feira (26), no assentamento Nossa Senhora Aparecida, em Mariluz. Os garotos teriam cometido o crime para defender a mãe, a agente comunitária Cleonir Martins da Silva. Dirlei seria um homem violento e, segundo os garotos, agredia a família cotidianamente. Pela manhã, após uma discussão ele estrangulava um dos filhos. Quando a mãe interferiu, o marido passou a agredi-la também, ameaçando mata-la. Os jovens partiram em defesa da mãe e usaram uma faca para afastar Dirlei, que a espancava. Ele morreu no local. Os jovens, que não fugiram e estão colaborando com a polícia, alegaram legítima defesa. A mãe defende os filhos. Segundo ela, se eles não tivessem atacado o pai ele a teria matado. A mulher, que também ficou ferida, foi atendida no Hospital Municipal e está neste momento prestando depoimento na Delegacia de Mariluz. O Instituto Médico Legal de Umuarama recolheu o corpo que será periciado e entregue à família.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse