Conselheiro tutelar é preso acusado de abuso sexual contra adolescente

Atuando no segundo mandato como conselheiro tutelar em Londrina, José César Ramalho foi preso nesta semana sob a acusação de abuso sexual contra uma adolescente de 16 anos. A vítima, inclusive, era atendida pelo servidor público durante o assédio, que foi gravado. As imagens foram repassadas pela menor ao Ministério Público, que ingressou com pedido de prisão. A ordem judicial foi despachada na sexta-feira (22). Ramalho foi detido preventivamente, encaminhado ao 4º Distrito Policial (DP) e depois transferido para a Penitenciária Estadual de Londrina. Segundo a denúncia, "o conselheiro teria mudado de comportamento durante o atendimento à adolescente, pendendo para o lado sexual". A Promotoria da Vara da Infância e Juventude suspeita da existência de outras vítimas. Ramalho era presidente do Conselho Tutelar da região central, na rua Belém. Na primeira eleição, em 2011, ele foi o segundo candidato mais votado, arrematando 526 votos. Em 2015, em um novo pleito, foi reeleito para o cargo. Após ser preso, o conselheiro foi afastado da função. A delegada do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria), Lívia Pini, confirmou que abriu inquérito para investigar Ramalho em outro caso. Ele teria abusado sexualmente de mais uma adolescente, também atendida pelo conselheiro. A investigação é mantida sob sigilo. A reportagem do Portal Bonde tentou contato com a defesa de Ramalho, mas não obteve sucesso. Porém, a revogação da prisão já foi solicitada ao poder judiciário.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse