sábado, 16 de abril de 2016

Mãe e filha são assassinadas e têm os corpos queimados



Mãe e filha, de 53 e 21 anos, foram assassinadas com uma facada no peito cada uma dentro da residência em que moravam. Na sequência, o autor dos homicídios ateou fogo à casa para tentar encobertar os crimes, mas vizinhos acorreram e conseguiram conter as chamas. O caso aconteceu na madrugada deste sábado (16), no bairro Mutirão, em São Pedro do Ivaí (62 km ao sul de Apucarana). De acordo com a Polícia Civil, existe a suspeita de que o autor seja o ex-companheiro da filha, que saiu recentemente da cadeia. Ele ainda não foi encontrado. Como os vizinhos agiram rapidamente, os corpos foram apenas parcialmente queimados, permitindo sua identificação pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Apucarana, que também constatou as facadas. As vítimas são Aparecida Espiasse Abido, de 53, e Ediele Camila Calixto Abido, de 21. O Instituto de Criminalística da Polícia Científica de Maringá enviou um perito para analisar a cena do crime e colher eventuais evidências deixadas na casa que comprovem a autoria do crime. O Corpo de Bombeiros de Jandaia do Sul também foi acionado para realizar o rescaldo da residência.



Nenhum comentário: