Mãe e filha são assassinadas e têm os corpos queimados



Mãe e filha, de 53 e 21 anos, foram assassinadas com uma facada no peito cada uma dentro da residência em que moravam. Na sequência, o autor dos homicídios ateou fogo à casa para tentar encobertar os crimes, mas vizinhos acorreram e conseguiram conter as chamas. O caso aconteceu na madrugada deste sábado (16), no bairro Mutirão, em São Pedro do Ivaí (62 km ao sul de Apucarana). De acordo com a Polícia Civil, existe a suspeita de que o autor seja o ex-companheiro da filha, que saiu recentemente da cadeia. Ele ainda não foi encontrado. Como os vizinhos agiram rapidamente, os corpos foram apenas parcialmente queimados, permitindo sua identificação pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Apucarana, que também constatou as facadas. As vítimas são Aparecida Espiasse Abido, de 53, e Ediele Camila Calixto Abido, de 21. O Instituto de Criminalística da Polícia Científica de Maringá enviou um perito para analisar a cena do crime e colher eventuais evidências deixadas na casa que comprovem a autoria do crime. O Corpo de Bombeiros de Jandaia do Sul também foi acionado para realizar o rescaldo da residência.



Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse