Marido espanca esposa até a morte e confessa crime para o pai


Na madrugada deste domingo (3), populares encontraram o corpo de uma mulher no jardim externo de uma indústria de alimentos em Umuarama, região Oeste do Paraná. Segundo a Polícia Militar, que foi acionada para atender a ocorrência, os ferimentos indicam que ela foi espancada até morrer. 

A vítima foi identificada como Nadir Mara da Silva, 38 anos. O marido dela, Adão Teixeira, de 32 anos foi preso pouco depois do corpo ser encontrado. Ele teria confessado o crime para o pai e ainda estava com as roupas sujas de sangue no momento da prisão. 

O agressor tem um histórico de violência doméstica, tendo sido preso recentemente por agredir Nadir. Ele estava solto há cerca de 15 dias. 

Segundo a Polícia Civil, a mulher tinha vários ferimentos pelo corpo - principalmente na cabeça - que teria sido violentamente batida contra o chão pelo agressor. Os peritos fizeram um levantamento no local onde Nadir foi encontrada, mas não informaram se ela morta no local ou deixada lá depois do assassinato. 

O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal de Umuarama. (Com informações de 
O Bem Dito)

Comentários

As mais visitadas

Jovem morre ao ser atingido por raio

CRM-PR retira indicativo de interdição ética da UPA de Sarandi

Estudante é levado à delegacia por ato obsceno dentro de biblioteca de universidade, em Maringá