Ex-prefeito de Maria Helena é multado por nepotismo



O ex-prefeito de Maria Helena (Região Noroeste do Paraná) Osmar Trentini, teve as contas de 2008 consideradas irregulares devido à identificação de nepotismo, número excessivo de cargos comissionados, problemas em aquisições e uso de dinheiro público para propaganda pessoal. O órgão aplicou duas multas ao ex-gestor de R$ 1.450,98, totalizando R$ 2.901,96. O Tribunal de Contas do Estado apontou nepotismo na conduta de Osmar Trentini. O município chegou a fazer a contratação de um software para a pasta de Controle Interno do município, comandada por um parente do ex-prefeito, que jamais foi utilizado, com um prejuízo de R$ 17.614,61 aos cofres públicos. Ainda foram pagos R$ 2.064,02 a Alex Trentini, sobrinho do gestor, para a compra de peças automotivas e combustíveis. O tribunal identificou outras contratações sem cotação de preços que somaram R$ 12 mil. No caso dos comissionados, o número de servidores estava 21,6% acima do permitido pela Lei Orgânica do Município. Além disso, o TCE questionou o uso de dinheiro público para a impressão de 3 mil livretos considerados de propaganda pessoal justamente em ano de eleição, com custo de R$ 4,5 mil. Também foram desaprovadas as aquisições de combustíveis, lubrificantes e peças para os automóveis da prefeitura, ao custo de R$ 1 milhão; e a contratação de empresa para o fornecimento de médicos e a realização de cirurgias, com a impugnação do valor de quase R$ 800 mil. O conselheiro Fernando Guimarães defendeu a desaprovação das contas, mas ainda cabe recurso. 


Com informações: Massa News

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse