Homem é agredido após assédio a criança pelo WhatsApp

Um rapaz de 25 anos, que foi agredido na noite de quarta-feira (20), no jardim Bandeirantes, zona oeste de Londrina, teria assediado uma criança de 12 anos pelo WhatsApp. Identificado como Ederson Santos, o homem teria usado o aplicativo para convencer a menina a encontrá-lo. No entanto, o irmão da criança teria visto a conversa e marcado o encontro com o rapaz que, ao chegar no local, foi agredido por diversas pessoas. Ele teve ferimentos graves provocados por pauladas, socos e pontapés. Santos foi socorrido e encaminhado em estado grave ao Hospital Universitário de Londrina (HU). O médico do Samu, Alessandro Sella, informou que a vítima teve diversas escoriações pelo corpo. Ele recebeu alta durante a manhã desta quinta-feira (21).



Fonte: Bonde Notícias

Comentários

As mais visitadas

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Sem cueca e usando saia, homem mostra pênis para adolescentes