Ex-prefeito aprovado em concurso que ele mesmo criou promete lutar para ficar no cargo


O município de Cássia dos Coqueiros, no interior de São Paulo, está conhecido graças ao ex-prefeito da cidade, Antônio Carlos da Silva, de 50 anos, conhecido como Nenê Irmão do João da Caixa. Mas a fama da cidade de 2.623 habitantes não veio por alguma obra ou programa de destaque. O ex-prefeito foi aprovado em um concurso público criado por ele mesmo. O caso é classificado como 'surreal' pelo Ministério Público. Em 2011, 'Nenê Irmão do João da Caixa' determinou a abertura de concurso público para o cargo de advogado do município. Dois dias depois que o concurso foi oficializado, o nome do político já aparecia entre os inscrito. O ex-prefeito fez a prova e ficou em terceiro lugar, mas acabou ficando com a vaga uma vez que o primeiro e o segundo colocados desistiram. Em novembro do mesmo ano, 'Nenê Irmão do João da Caixa' foi nomeado pelo seu vice. Em seguida, pediu afastamento para terminar seu mandato. O ex-prefeito do PSDB tentou a reeleição em 2012, mas foi derrotado nas urnas por Rosa Maria da Silva (PTB), que assumiu a prefeitura em 2013, mesmo ano em que Nenê voltou ao posto de advogado do município. O caso foi levado ao Ministério Público e uma ação civil pública foi aberta contra o ex-prefeito. E ele foi derrotado em primeira instância. “O réu Antônio Carlos feriu de morte os princípios constitucionais da moralidade, igualdade e impessoalidade”, afirmou o MP. Nenê ainda continua no cargo graças a uma decisão liminar. Ele recebe R$ 4 mil, segundo maior salário da prefeitura. “Enquanto eu puder me defender e tiver meio legais, vou agir. A Justiça não provou nada de irregular", disse.



Com informações Folha de São Paulo


Comentários

As mais visitadas

Sarandi vai receber Ônibus Lilás

Cinco pessoas entre elas quatro crianças morrem em acidente na PR-567 em Cianorte