Greve dos bancos completa uma semana e adesão chega a 52%


A greve nacional dos bancários completa uma semana nesta terça-feira (13). No Paraná, houve aumento de 183% no número de agências fechadas em relação ao primeiro dia de greve, na terça-feira da semana passada. Mais de 14 mil trabalhadores aderiram ao movimento em 683 agências fechadas e em oito centros administrativos.

Em Curitiba e região, 302 agências bancárias e 8 centros administrativos ficaram paralisado. A estimativa do Sindicato dos Bancários é que 9,4 mil funcionários estejam de braços cruzados, o que significa uma adesão de 52% da categoria. A greve do ano passado foram 21 dias de paralisação.

Hoje, representantes nacionais dos bancários se reúnem com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para nova rodada de negociações. na última sexta-feira a Fenaban apresentou proposta de reajuste de 7% no salário e R$ 300 a mais no abono. A propsota foi rejeitada na própria mesa de negociação. Os bancários pedem reposição da inflação de 9,62%, mais ganho real de 5%.

O Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região convocu para amanhã uma nova assembleia, a partir das 17 horas, no Espaço Cultural e Esportivo da categoria. Inicialmente, a assembleia irá avaliar o andamento da greve e planejar os próximos passos da mobilização. Caso a Fenaban apresente nova proposta na rodada de negociação agendada para hoje, às 14 horas, em São Paulo, poderá entrar na pauta a ser avaliada na assembleia regional.

Comentários

As mais visitadas

Funcionário da Copel é atingido por raio em poste de energia elétrica

PM, namorada e mais duas crianças morrem em grave acidente

UBS do Jardim Oriental em Sarandi é inaugurada