quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Chuva forte provoca alagamentos e quedas de árvores no noroeste do PR


Uma chuva forte que atingiu a região noroeste do Paraná na madrugada desta quarta-feira (26) causou vários estragos em Cianorte e Umuarama. Os bombeiros das duas cidades atendem nesta manhã ocorrências de quedas de árvores e casas alagadas. Não há registro de moradores desabrigados ou de casas destelhadas.

Em Cianorte, a cidade mais atingida, há registros de dez quedas de árvores e de um poste de energia. Foram registrados problemas em frente à rodoviária, na estrada Guarapé e nas rodovias PR-082 – de Cianorte para Terra Boa -, na PR-323 e na PR-567 – do distrito de São Lourenço para Cianorte.  Um carro que estava estacionado na Avenida Bahia foi arrastado pela água por cerca de dez metros. Além disso, semáforos na Avenida Paraíba foram desligados por falta de energia. O Corpo de Bombeiros ainda atendeu a uma solicitação de casa alagada no conjunto habitacional Pedro Moreira.
A subestação da Sanepar no município está parada por falta de energia elétrica. Além disso, ocorreu o assoreamento do Rio Bolívar, o que impede a Companhia de captar a água. Enquanto a energia não for restabelecida, a distribuição não voltará ao normal.
Por isso, devem ficar desabastecidos os bairros das Zonas: 1, 2, 3, 4, 6 e 7, jardins Aquiles Comar, Morada do Sol, Santa Felicidade, Olívio Franzone, São Francisco, Santa Ana, Ilha Bela, Universidade, Ipanema, Paulista, Olímpico, Mega Park, Araucária, Nova Itália, Viviane, Parque do Bosque, Parque das Nações, Veneza, Ilha do Mel, Atlântico e Céu Azul.

De acordo com a Companhia Paranaense de Energia (Copel), em Cianorte 12 mil unidades consumidores ficaram sem energia durante o temporal. Às 10h, 3.118 imóveis ainda permanecem sem luz e a região mais atingida é a área rural. Os municípios de Tapejara, Tuneiras do Oeste, Cidade Gaúcha e Terra Boa também tiveram unidades desligadas.

Já em Umuarama, a ponte do Jardim Petrópolis foi interditada e a ponte do Laranjeiras teve meia pista bloqueada. A Defesa Civil ainda registrou queda de um muro na Rua Piúna, queda de parede de uma casa na Avenida Portugal, e alagamentos de casas nas Avenidas Rio Grande do Norte, Portugal e nas ruas Piuna e Marabá.
A rodovia PR-489, entre Umuarama e Xambrê, foi parcialmente interditada. Ocorreu um deslizamento de areia de uma plantação de cana-de-açúcar sobre a pista. Funcionários da usina responsável estão no local fazendo a limpeza, e por isso, o trânsito está lento.

No município, 1.590 unidades consumidores ficaram sem luz durante a madrugada. Conforme a Copel, às 10h, 291 imóveis permaneciam sem luz. As cidades de Alto Paraíso, Maria Helena, Cruzeiro do Oeste, Nova Olímpia, Xambrê, São Jorge do Patrocínio e Pérola também registraram imóveis sem energia.

Na região centro-oeste, o temporal severo também prejudicou o fornecimento de energia nas cidades de Engenheiro Beltrão, Quinta do Sol, Itambé, Fênix e Janiópolis.

Nenhum comentário: