Cinco cidades do interior dependem da Justiça para conhecer prefeito

Cinco cidades do interior do estado dependem de decisões da justiça para conhecer o próximo prefeito. Em duas dessas cidades, todos os votos foram considerados nulos porque os candidatos estão em situação irregular na justiça eleitoral. Em Foz do Iguaçu, o deputado estadual Chico Brasileiro (PSD) foi eleito, mas teve menos votos do que Paulo Mac Donald Ghisi (PDT) – isso porque a candidatura de Mac Donald está indeferida e, neste caso os votos direcionados para ele são considerados nulos. A mesma situação ocorre em Piraí do Sul, na região central do estado. O candidato Toto (PTB) recebeu mais votos mas está com a candidatura indeferida, e por enquanto o candidato Tim Milléo (PSD) é quem está eleito. Em Primeiro de Maio, no norte do estado, o candidato Marinho (PP) recebeu mais votos, mas está com a candidatura impugnada e, por isso, quem aparece como eleito é o segundo colocado Daniel Renzi (PSDB). Já em Jaguariaíva, na região central do estado, os três candidatos estão com a candidatura indeferida e por isso os votos de todos foram considerados nulos. Em Sertanópolis, no norte do estado, a situação se repete – os dois candidatos estão com a situação pendente na justiça eleitoral e todos os votos são considerados nulos. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que deve julgar todas as ações até 19 de dezembro, ou seja, a situação nestas cidades deve ser definida ainda neste ano. 




CBN Curitiba

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse