Servidores das universidades federais do Paraná entram em greve



Técnicos administrativos da UFPR, UTFPR, UNILA e trabalhadores da FUNPAR aprovaram, para esta segunda (24), o início dde uma greve contra PEC 241. Na terça-feira (25) haverá ato na Praça Santos Andrade, às 9h30 e atividade no período da tarde no Botânico. Devem ser realizadas, ainda, atividades específicas nos locais de trabalho, durante a tarde dos dias 24 e 25. O Sinditest reforçou que a greve será por tempo indeterminado, conforme aprovado na assembleia do dia 13. No dia 26, quarta-feira, será realizada uma assembleia de avaliação da paralisação, porém, segundo o Sinditest, sindicato da categoria, os trabalhadores permanecerão em greve enquanto a PEC 241 estiver em tramitação. De acordo com Informe Nacional da FASUBRA lançado na quinta-feira (20), 25 instituições aprovaram paralisação para o dia 24, e duas já estão em greve. Não deliberaram ainda 15 instituições, que podem vir a se juntar ao movimento paredista de enfrentamento ao ajuste fiscal. A coordenação do Sindicato ressaltou que UFPR, HC, FUNPAR, UNILA e UTFPR já foram notificados sobre a greve por tempo indeterminado, portanto, há segurança jurídica para paralisar. Com a greve, os atendimentos no Hospital de Clínicas da UFPR, deve ficar prejudicado.


Informações, Bem Paraná

Comentários

As mais visitadas

Sarandi vai receber Ônibus Lilás

Cinco pessoas entre elas quatro crianças morrem em acidente na PR-567 em Cianorte