Gaeco faz operação contra compra de votos no interior do Paraná


Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, realizou nesta terça-feira (8), operação para cumprimento de mandados expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral de Curitiba. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e oito mandados de condução coercitiva em Saudade do Iguaçu, no Sudoeste paranaense. As buscas foram cumpridas no gabinete do prefeito de Saudades do Iguaçu, em gabinetes de vereadores, na Câmara daquele município, e nas casas de investigados. Foram presas em flagrante cinco pessoas por porte ilegal de armas e munições. As medidas solicitadas pelo Ministério Público Eleitoral tiveram origem em investigações realizadas pelo núcleo do Gaeco em Francisco Beltrão, durante as quais os investigadores se depararam com indícios de compra de votos por parte de políticos, principalmente em troca de material de construção e reforma de casas. O Gaeco remeteu as informações para o Ministério Público Eleitoral, que pleiteou as medidas deferidas pelo TRE do Paraná. Estão sendo apurados também possíveis desvios de dinheiro público para a compra de votos.

Comentários

As mais visitadas

Funcionário da Copel é atingido por raio em poste de energia elétrica

PM, namorada e mais duas crianças morrem em grave acidente

UBS do Jardim Oriental em Sarandi é inaugurada