Pupin anuncia contratação de 761 servidores, Ulisses questiona a necessidade


A menos de dois meses para entregar o mandato, o prefeito Roberto Pupin (PP) anunciou a contratação de 761 servidores em Maringá, 262 para reposições e 499 que vão ocupar novas vagas. O impacto financeiro preocupa o novo chefe do Executivo, Ulisses Maia (PDT), que assume em janeiro de 2017. O prefeito Roberto Pupin declarou na manhã desta quarta-feira (9) que os servidores são necessários para fazer funcionar as três novas escolas e três centros municipais de educação infantil, que iniciam os trabalhos no próximo ano, além das unidades já existentes em que haverá aumento de alunos. Questionado sobre o impacto financeiro, que ficará para o novo prefeito, Pupin 'lavou as mãos' e disse que será uma responsabilidade do novo administrador. O atual chefe do Executivo defendeu que o orçamento do município tem superávit, o que dá margem para o pagamento. Por meio de uma nota, o prefeito eleito Ulisses Maia informou que a equipe de transição ainda não tem os dados sobre servidores, mas acompanha com atenção a movimentação da prefeitura e se preocupa com o aumento inesperado de gastos com pessoal. Ele espera que os documentos requisitados cheguem na próxima semana.

Comentários

As mais visitadas

Iluminação pública é rebaixada no Parque Alvamar II