quinta-feira, 3 de março de 2016

Grávida de oito meses contrai o vírus da zika em Paranavaí



O departamento de Vigilância em Saúde de Paranavaí, no noroeste do Paraná, confirmou nesta quinta-feira (3) o primeiro caso de gestante infectada pelo vírus da zika no município. De acordo com o diretor do departamento, Randal Fadel Filho, a mulher infectada tem 29 anos e está no oitavo mês de gravidez. Com mais esta confirmação, o município já contabiliza três casos da doença. A gestante sentiu os primeiros sintomas da doença no dia 16 de fevereiro, e, de acordo com Fadel Filho, mesmo sem a confirmação do Laboratório Central do Estado (Lacen), nos dias 17 e 18 de fevereiro os agentes realizaram ações ao redor da casa dela para bloquear a proliferação do mosquito e evitar novas contaminações. “O zika vírus está na cidade e a tendência é piorar esta situação, pois o maior número de casos deve ser registrado entre 15 de março e final de abril, historicamente o pico da doença aqui na cidade. Se a população não colaborar, não eliminar água parada, teremos uma epidemia”, enfatiza o diretor de Vigilância em Saúde em Paranavaí. Além dos três casos de zika confirmados, o município ainda espera o resultado de exames de outras nove pessoas com suspeita de terem contraído a doença. Até esta quinta-feira, Paranavaí ainda possui 340 notificações e 51 casos de pessoas infectadas pela dengue. Casos na região No dia 26 de fevereiro, a Secretaria Municipal de Saúde de Maringá, a 75 km de Paranavaí, confirmou que uma gestante, no quarto mês de gravidez, contraiu o vírus da zika. Em Colorado, distante 86 km do município do noroeste, cinco mulheres grávidas também foram infectados pelo zika. Dados dengue no estado Em uma semana, o estado do Paraná confirmou 1.368 novos casos de dengue. O boletim divulgado pela secretaria estadual de Saúde na terça-feira (1º) confirmou ainda mais duas mortes pela doença, além da entrada de duas cidades em situação de epidemia. Os dados levam em conta o período entre agosto de 2015, até essa terça. A cidade com mais casos é Paranaguá, no litoral do estado, com 2.012 confirmações. Na sequência vêm Londrina, com 1.324, e Foz do Iguaçu, com 1.075. Com as novas mortes confirmadas, o número de óbitos passou para 13. Deste total, dez foram em Paranaguá, duas em Foz do Iguaçu e uma em Curitiba.

Criminosos se rendem e liberam reféns de agência dos Correios no PR



Os três ladrões que mantinham três pessoas como reféns na agência dos Correio em São Pedro do Ivaí, no norte do Paraná, se entregaram à polícia por volta das 14h desta quinta-feira (3). Segundo a Polícia Militar (PM), os criminosos se entregaram logo após o advogado deles comparecer no local.Conforme a polícia, os suspeitos serão encaminhados à delegacia da Polícia Federal em Londrina, pois eles invadiram uma agência com jurisdição federal. O trio rendeu os reféns por volta das 10h30. A Polícia Militar foi chamada e realizou um cerco ao redor da agência até o fim do assalto.

Eleitores de Sarandi começam a fazer o cadastramento biométrico


Começou nesta quarta-feira (2), o cadastramento biométrico ordinário em Sarandi, o Presidente do Tribunal Regional Eleitoral Desembargador Luiz Fernando Tomasi Keppen, esteve no Fórum Eleitoral para explicar como vai funcionar o trabalho. Os eleitores que fizerem o primeiro título e as transferências de domicilio já serão cadastrados biometricamente.O cadastramento será feito em regime ordinário, ou seja, o eleitor não tem prazo para comparecer de forma obrigatória a uma unidade da Justiça Eleitoral. O presidente da Câmara de Vereadores Belmiro Farias foi o primeiro a fazer o cadastramento biométrico hoje em Sarandi. Segundo o Desembargador Luiz Fernando o cadastramento biométrico é realizado para dar maior segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Com o cadastramento biométrico, o eleitor passa a se identificar com a digital no microterminal da urna eletrônica, não precisando mais da assinatura no Caderno de Votação.



Jovem é morto com tiros na cabeça na frente da esposa



Um jovem de 20 anos morreu na noite da última quarta-feira (2), por volt adas 21h, no Distrito de Iguatemi, em Maringá, região norte do Estado. O rapaz fazia o trajeto para casa junto com a esposa em um veículo Corsa. Em um determinado momento, um veículo teria parado ao lado do carro das vítimas e disparado contra o motorista, que foi atingido na cabeça. A vítima, identificada como Adriano Viera Tampelini, morreu na hora. A esposa dele, que estava no banco do passageiro, não foi alvejada. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Maringá. A Polícia Civil investiga o caso.