segunda-feira, 28 de março de 2016

Adolescentes são suspeitos de assassinar conselheiro tutelar


A Polícia Civil de Cambará (22km a noroeste de Jacarezinho) investiga a morte do conselheiro tutelar Wilson Akio Frutani, de 54 anos, morto no último sábado (26) por volta das 23h. Ele foi esfaqueado e assassinado na própria residência, localizada na rua Duque de Caxias, no jardim Morada do Sol, em Cambará. O caso é tratado pela polícia como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. A linha de investigação é reforçada pelo fato dos investigadores terem encontrado, no dia seguinte, o carro da vítima, um Citroën Picasso, em uma estrada rural localizada a 5 km de Cambará. O veículo estava totalmente queimado. A perícia não conseguiu O delegado Isaías Fernandes, que cuida do inquérito policial, afirmou à reportagem do Portal Bonde que a vítima era ativa na função de conselheiro, mas não revelou a provável motivação do homicídio. Informações preliminares dão conta de que o crime foi praticado por um adolescente infrator de Santo Antônio da Platina e outro menor de Cambará. A polícia também suspeita da participação de um maior de idade, o que ainda não foi confirmado oficialmente. No dia do assassinato, a Polícia Militar foi chamada e encontrou a casa da vítima totalmente revirada. Durante a revista, a PM também localizou um cutelo, um instrumento cortante usado para fatiar carnes, manchado de sangue. O objeto foi deixado pelos agressores no balcão da cozinha. Os suspeitos seguem foragidos.recolher digitais.


Com informações: Bonde Notícias

Homem embriagado tenta asfixiar esposa mas acaba morto a facadas

Uma mulher matou o próprio marido na noite deste domingo (27) em Uraí, no Norte Pioneiro. O homem de 37 anos havia chegado bêbado em casa e partido para cima da filha do casal. Na tentativa de defendê-la, a mulher interviu na situação mas também foi agredida, momento em que usou uma faca e golpeou três vezes o marido. A própria mulher ligou para a Polícia para se entregar. Ela disse que seu esposo estava embriagado e desferiu murros na geladeira e fogão antes de tentar agredir a própria filha. Quando ela entrou na frente, foi pega pelo pescoço. A mulher também informou que não se lembra de mais nada após os golpes que desferiu na barriga do marido. A faca foi apreendida e a mulher foi levada à delegacia para prestar depoimento. O corpo do homem foi levado ao IML. A Polícia Civil vai investigar o caso.






Fonte: Bonde