Postagens

Mostrando postagens de Maio 14, 2016

Preso por agressão e estupro, suplente de Ricardo Barros não pode assumir

Imagem
O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) assumiu o ministério da Saúde do governo Michel Temer na última quinta-feira (12), abrindo espaço para que um suplente o substitua na Câmara. Pela ordem de votação de sua sua coligação, quem teria prioridade para assumir o cargo, é o ex-deputado estadual Osmar Bertoldi (DEM-PR). O problema é que Bertoldi está preso desde fevereiro na cidade de Pinhais, na região Metropolitana de Curitiba, acusado de agredir a ex-noiva. A defesa entrou com um mandado de segurança para que ele possa exercer a função. Bertoldi é acusado por Tatiana Bittencourt por crimes de violência doméstica, lesões corporais, constrangimento ilegal, trabalho escravo, ameaças por palavras e estupro. O processo segue em segredo de justiça. Tatiana denunciou o ex-deputado ao Ministério Público do Paraná no final do ano passado, que aceitou e encaminhou o processo ao Tribunal de Justiça do Estado. Bertoldi foi preso pela Polícia Federal e pela Polícia Militar de Santa Catarin…