Postagens

Mostrando postagens de Julho 12, 2016

Professor é preso por suspeita de abuso sexual

A suspeita de invasão ao banco de dados de um colégio particular da cidade de Coronel Vivida, no Sudoeste, resultou na prisão de um professor de 21 anos que teria oferecido as respostas de uma prova a um adolescente. O aluno teria acesso ao gabarito em troca de favores sexuais. O delegado Rômulo Contin Ventrella, que atua em Coronel Vivida, ressaltou que a denúncia foi feita há dois meses pela direção da escola, após receber o relato do aluno. "Ele não aceitou a proposta e informou a direção do colégio. De imediato, os diretores pensaram que uma pessoa de fora teria invadido a rede interna de computadores para ter acesso às provas. Mas a investigação apontou que o próprio professor que dava aulas no colégio e tinha acesso livre ao sistema oferecia as provas pelas redes sociais", explicou o delegado. Conforme as investigações, o professor criou um perfil falso nas redes sociais e passou a assediar meninos na faixa etária de 15 anos. "Ele fazia um jogo de erro e acer…

Jovem grávida de 7 meses é baleada na cabeça

Uma jovem de 22 anos foi baleada na cabeça na tarde da última segunda-feira (11), em Tapejara, no noroeste do Estado. A vítima, identificada como Thaysa Vilas Boas, estava grávida de sete meses e precisou ser submetida a um parto de emergência para a retirada do bebê. O principal suspeito é o ex-namorado e pai da criança, um jovem de 23 anos. Segundo a Polícia Civil, a moça já havia registrado boletins de ocorrência por ameaça e lesão corporal contra o rapaz, mas nunca quis representar contra ele. O suspeito, que já tinha passagens por tráfico e receptação, foi apreendido, ouvido e liberado na sequência. Ainda não há provas concretas para mantê-lo preso. Thaysa e o bebê estão internados em estado grave e correm risco de morte.