terça-feira, 13 de setembro de 2016

PF desarticula quadrilha que prometia fraudar urnas eletrônicas


Após mais de um mês de negociações por intermédio de um prefeito da região metropolitana de Porto Alegre, a Polícia Federal (PF) desarticulou, na manhã desta terça-feira, uma quadrilha de criminosos que prometia fraudar urnas eletrônicas nas eleições municipais de 2016. Como não houve indícios de que os criminosos realmente poderiam obter êxito na fraude, a investigação concluiu que as promessas de votos se tratavam de estelionato. Batizada de Operação Clístenes, a ação cumpriu três mandados de prisão preventiva, sendo dois em Brasília, no Distrito Federal, e um em Xangri-lá, no Rio Grande do Sul. Durante a manhã, duas pessoas foram presas nos dois Estados. Um terceiro segue foragido no Distrito Federal. Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira, o delegado Fernando Casarin, chefe da Delegacia de Defesa Institucional da PF, explicou que a denúncia partiu do prefeito de uma cidade gaúcha que não está se candidatando às eleições deste ano. Sua identidade é mantida em sigilo. O político havia sido procurado por uma empresa de Brasília, que possuía um "escritório" no Rio Grande do Sul e afirmava poder interferir no software das urnas eletrônicas para aumentar o número de votos computados.Eles diziam que poderiam inserir um algoritmo ou alterar um código binário da programação da urna eletrônica, através de um contato com a empresa que fornece o software à Justiça Eleitoral. Para isso, pediam um pagamento de acordo com a arrecadação do município. Os valores variavam de local para local — detalhou o delegado. Eles cobrariam até R$5 milhões para, supostamente, fraudar a eleição para prefeito e até R$ 600 mil para mudar votos para vereador. No decorrer das investigações, entretanto, os investigadores começaram a encontrar uma série de incongruências entre o que os criminosos prometiam e o que realmente poderiam fazer: Em primeiro lugar, eles diziam que poderiam fazer a alteração nas urnas por ter um contato na empresa que fornecia o software ao TRE, só que é a própria Justiça Eleitoral quem faz esse software — explicou Casarin. A segunda prova de fraude levantada pela polícia foi o prazo estipulado pelos criminosos para realizar a alteração. Inicialmente, eles alegavam que precisariam do pagamento até um dia específico para fazerem a reprogramação no software antes de as urnas serem carregadas com os nomes dos candidatos.Entretanto, pedimos uma redução no valor, retiramos o prefeito da negociação, continuamos negociando e eles acabaram "esquecendo" deste prazo, como se fosse possível reprogramar depois do período antes estipulado.

Vítima encontra celular furtado dentro de loja e empresário vai preso em Maringá

Dono da loja não soube explicar como telefone foi parar no estabelecimento (Foto: Índio Maringá/Rede Massa)

Uma pessoa teve o celular furtado e ficou surpresa ao saber onde ele estava: em uma loja de telefonia móvel localizada na Avenida Tamandaré, no Centro de Maringá. O caso foi registrado no fim da tarde de segunda-feira (12) e levou à prisão o proprietário do estabelecimento.

O furto do celular aconteceu no último sábado (10) e, para encontrar o celular, a vítima acionou o rastreador do aparelho. Uma equipe do Pelotão de Choque foi até a loja e encontrou o telefone no balcão interno.

Como o empresário não apresentou qualquer ordem de serviço que justificasse a presença do celular ali, recebeu voz de prisão por receptação e foi encaminhado à 9ª Subdivisão Policial de Maringá.

Com informações, Massa News

Ponto de tráfico é desmantelado no Conjunto Guaiapó em Maringá

Na noite desta segunda-feira (12), após monitoramento da equipe do Serviço de Inteligência (Velado) do 4ª Batalhão de Policia Militar do Paraná, onde tinham informações que uma residência localizada no Conjunto Guaiapó (Zona Norte de Maringá) estaria ocorrendo a venda de substâncias entorpecentes e ainda a troca de objetos roubados ou furtados por drogas.
Foi então que no momento certo foi pedido para as equipes ROTAM que estavam  no apoio, que realizassem a abordagem de um possível usuário que estaria na frente da residência, sendo que ao ser dado voz de abordagem o indivíduo correu para o interior do quintal da residência, assim como pessoas que estariam no interior do imóvel também correram pulando os quintais vizinhos, porém foi alcançado e abordado um dos indivíduos que estariam na residência que disse ser morador do local que em busca na residência foram localizadas 150 porções de substância análoga ao Crack, 500 gramas de substância análoga a maconha, balança de precisão, dinheiro proveniente da venda das drogas e um veículo VW/FOX 1.0 GII-2011/2012 de cor branca, porém, a placa seria clone de um outro veículo de mesma marca, modelo e cor da cidade de Curitiba, sendo este veículo que estaria na residência furtado na cidade de Arapongas e trocado as placas para ser utilizado no crime.
Após verificações o homem foi encaminhado juntamente com os objetos para delegacia de Maringá para procedimentos.

Fonte: Tuia do Paraná

PRF apreende mais de 70 quilos de Maconha

A Policia Rodoviária Federal apreendeu nesta segunda, 12, em fiscalização na BR 163, em Quatro Pontes/PR, 19,35 kg de Maconha sendo transportadas por um menor, que foi apreendido.

A droga foi localizada em uma mala pelos cães farejadores da PRF no bagageiro de um ônibus que seguia para Blumenau / SC.

No sábado dia 10, em fiscalização na BR 163, em Guaíra/Pr, a PRF apreendeu 32,79 Kg de Maconha sendo transportados em ônibus para Palmital/SP.
Enquanto os policiais rodoviários federais localizavam uma parte da droga no interior do ônibus com os passageiros, os cães localizaram o restante da droga em duas malas no bagageiro do ônibus. Dois homens de 18 anos foram presos.

No dia 31 de Outubro, no mesmo local, a PRF apreendeu 22,13 kg de Maconha transportados por um menor de 16 anos, que foi apreendido.

Os cães da PRF localizaram a a droga no bagageiro do ônibus que ia para Blumenau/SC.

Fonte: Polícia Rodoviária Federal / PRF

Polícia Militar prende suspeitos com arma e dinheiro de roubo da agência dos correios de Atalaia


Policiais militares do 8º batalhão prenderam em flagrante 04 suspeitos de realizar um roubo à agência dos Correios em Atalaia na Tarde de ontem (12). O dinheiro roubado foi recuperado e uma arma de fogo foi apreendida. Após solicitação de que dois indivíduos roubaram o dinheiro da agência e fugiram em um veículo, os policiais militares da região iniciaram um cerco nas possíveis rotas de fuga. O veículo suspeito foi abordado após acompanhamento tático na BR-376, sentido a Nova Esperança, sendo que durante o percurso os suspeitos jogaram pelo vidro algum objeto envolto em uma peça de roupa. Após a abordagem aos quatro ocupantes do veículo, nada foi localizado com eles. Ao voltar no trecho em que foi dispensado o objeto, foi localizado uma arma de fogo com 06 munições intactas e o dinheiro roubado. Os detidos foram encaminhados para a delegacia local para providências. 







As informações são da comunicação Social 8ºBPM 

Greve dos bancos completa uma semana e adesão chega a 52%


A greve nacional dos bancários completa uma semana nesta terça-feira (13). No Paraná, houve aumento de 183% no número de agências fechadas em relação ao primeiro dia de greve, na terça-feira da semana passada. Mais de 14 mil trabalhadores aderiram ao movimento em 683 agências fechadas e em oito centros administrativos.

Em Curitiba e região, 302 agências bancárias e 8 centros administrativos ficaram paralisado. A estimativa do Sindicato dos Bancários é que 9,4 mil funcionários estejam de braços cruzados, o que significa uma adesão de 52% da categoria. A greve do ano passado foram 21 dias de paralisação.

Hoje, representantes nacionais dos bancários se reúnem com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para nova rodada de negociações. na última sexta-feira a Fenaban apresentou proposta de reajuste de 7% no salário e R$ 300 a mais no abono. A propsota foi rejeitada na própria mesa de negociação. Os bancários pedem reposição da inflação de 9,62%, mais ganho real de 5%.

O Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região convocu para amanhã uma nova assembleia, a partir das 17 horas, no Espaço Cultural e Esportivo da categoria. Inicialmente, a assembleia irá avaliar o andamento da greve e planejar os próximos passos da mobilização. Caso a Fenaban apresente nova proposta na rodada de negociação agendada para hoje, às 14 horas, em São Paulo, poderá entrar na pauta a ser avaliada na assembleia regional.