Postagens

Mostrando postagens de Novembro 9, 2016

Empresário bebe demais, esquece onde deixou carro e comunica furto em Maringá

Um empresário de Maringá bebeu demais e acabou dando trabalho para a Polícia Militar. Ele esqueceu onde estacionou o carro e pensou que o veículo havia sido furtado, o que deu início à confusão. Cansado do trabalho, o homem decidiu relaxar e foi até um bar no Centro de Maringá, onde consumiu várias doses de uísque. Na saída, embriagado, não lembrava onde estava o veículo e pensou ter sido furtado. O homem ligou para a Polícia Militar, comunicou o suposto crime e passou os dados do GM Cruze. Buscas foram iniciadas, com o achado do veículo a metros do bar. Só então o empresário notou que não tinha sido vítima de ladrões, mas do álcool. Ele admitiu a confusão aos policiais, mas o carro foi levado para a delegacia porque o motorista não tinha condições de dirigir. Nesta quarta-feira, ele foi buscar o Cruze no pátio da 9ª Subdivisão Policial de Maringá e prometeu que quando quiser beber, buscará um táxi.



Com informações: Massa News

Pupin anuncia contratação de 761 servidores, Ulisses questiona a necessidade

Imagem
A menos de dois meses para entregar o mandato, o prefeito Roberto Pupin (PP) anunciou a contratação de 761 servidores em Maringá, 262 para reposições e 499 que vão ocupar novas vagas. O impacto financeiro preocupa o novo chefe do Executivo, Ulisses Maia (PDT), que assume em janeiro de 2017. O prefeito Roberto Pupin declarou na manhã desta quarta-feira (9) que os servidores são necessários para fazer funcionar as três novas escolas e três centros municipais de educação infantil, que iniciam os trabalhos no próximo ano, além das unidades já existentes em que haverá aumento de alunos. Questionado sobre o impacto financeiro, que ficará para o novo prefeito, Pupin 'lavou as mãos' e disse que será uma responsabilidade do novo administrador. O atual chefe do Executivo defendeu que o orçamento do município tem superávit, o que dá margem para o pagamento. Por meio de uma nota, o prefeito eleito Ulisses Maia informou que a equipe de transição ainda não tem os dados sobre servidores,…

6 são presos acusados de tráfico em Paranavaí

Imagem
Policiais militares do 8º Batalhão prenderam 06 pessoas na tarde de ontem (09) em Paranavaí em uma residência suspeita de ponto de tráfico de drogas. Foram apreendidos um tablete de maconha e 12 pedras de crack. A equipe policial, durante diligências, estava percebendo que haviauma movimentação estranha de pessoas em uma residência na Rua José de Alencar, Bairro Coloninha. Ao fazer patrulhamento no local, um suspeito entrou correndo em uma residência ao avistar a equipe, outro que estava na rua foi abordado e outras cinco pessoas foram encontradas dentro da residência suspeita de ser ponto de tráfico de drogas. Após buscas, foram confirmadas as suspeitas dos policiais, sendo encontrados um tablete de maconha de 12 gramas, 12 pedras de crack que totalizou 05 gramas, dinheiro e uma chave “mixa”, suspeita por ser utilizada para abrir veículos. Os suspeitos foram detidos e encaminhados juntamente com os objetos apreendidos para a delegacia para providências.





Informações: Comunicação Soci…

Gaeco faz operação contra compra de votos no interior do Paraná

Imagem
Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, realizou nesta terça-feira (8), operação para cumprimento de mandados expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral de Curitiba. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e oito mandados de condução coercitiva em Saudade do Iguaçu, no Sudoeste paranaense. As buscas foram cumpridas no gabinete do prefeito de Saudades do Iguaçu, em gabinetes de vereadores, na Câmara daquele município, e nas casas de investigados. Foram presas em flagrante cinco pessoas por porte ilegal de armas e munições. As medidas solicitadas pelo Ministério Público Eleitoral tiveram origem em investigações realizadas pelo núcleo do Gaeco em Francisco Beltrão, durante as quais os investigadores se depararam com indícios de compra de votos por parte de políticos, principalmente em troca de material de construção e reforma de casas. O Gaeco remeteu as informações para o Ministério Público Eleitoral, que pleiteou as…