sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Mulher é morta a facadas no Centro de Marialva e assassino leva criança filha da vitima





Uma mulher de 23 anos morreu esfaqueada no Centro de Marialva e o autor do crime teria levado a filha da vítima, uma menina de 3 anos. O marido da vítima, de 22 anos, é o principal suspeito do crime haja vista que o casal estava em processo de separação. De acordo com a Polícia Militar, o corpo de Kelen Cristina Paula Rodrigues foi encontrado por uma amiga e pelo irmão da vítima, por volta das 17h20, dentro da casa dela, que estava fechada. Eles informaram à PM que a casa estava trancada e o corpo de Kelen estava dentro do banheiro, com o chuveiro ligado. Tudo indica que ela teria sido atacada enquanto tomava banho. A amiga da vítima contou à Polícia Militar que Kelen trabalhava em um bar a 30 metros da casa onde morava. Às 14h30, conversou com a vítima, que teria dito que iria tomar banho e já voltaria para o local de trabalho. A amiga disse que foi à casa de Kelen 30 minutos depois, chamou por ela, mas não obteve resposta. O irmão da vítima chegou em seguida e ninguém respondeu. Desconfiado, ele teria arrombado a porta e encontrado o corpo da irmã com três facadas no pescoço e no peito. A casa da mulher ficava na rua Augusto de Biaggi, nos fundos de outra residência. Segundo a PM, um vizinho disse ter visto o marido de Kelen sair com a criança. Informações extra oficiais dão conta de que o homem teria deixado a cidade em um táxi branco em direção à Paranavaí, onde tem familiares. 
 O  taxista que levou o marido da vítima disse à polícia que deixou o homem e a criança na cidade de Nova Esperança, que fica a 65 km de Marialva.



Informações, O Diário

Homem é encontrado morto em córrego na cidade de Sarandi

Um homem foi encontrado morto em Sarandi (a sete quilômetros de Maringá), no fim da manhã desta sexta-feira (11). O corpo estava na Rua Atlanta, dentro do córrego Guaiapó.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 11h45 desta sexta-feira e se deslocou até o endereço, onde localizou o corpo e fez a retirada das águas. O cadáver seguiu para o Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá.

Crianças que iriam nadar foram as responsáveis pela descoberta do homem morto, que tinha aproximadamente 45 anos. Devido à rigidez do cadáver, ele já devia estar ali há cerca de oito horas.

Vizinhos declararam que o homem se chamava Rogério, mas ele estava sem documentos, por isso, aguardavam-se familiares para o reconhecimento. A causa da morte, a princípio, seria afogamento, o que a necropsia vai confirmar

Operação Proclamação da República intensifica fiscalizações no Paraná


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou à meia-noite desta sexta-feira (11) a Operação Proclamação da República. Durante cinco dias, as ações nas estradas federais do Paraná serão intensificadas. Conforme a PRF, a prioridade será o controle da velocidade por meio de radares, o combate à embriaguez ao volante e também as ultrapassagens irregulares.
No feriado prolongado, a PRF estima que a quantidade de veículos aumente em torno de 30% em relação à média diária. O maior número de carro nas estradas está previsto para o fim da tarde desta sexta-feira e durante a manhã de sábado (12). 
Tráfego proibido para alguns veículos
Caminhões bitrem, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha estarão proibidos de trafegar por rodovias federais que tenham pista simples em determinados horários. As restrições ocorrem das 16h à meia-noite desta sexta-feira, durante a manhã de sábado, e das 16h à meia-noite de terça-feira (15).
Bloqueio no noroeste do estado
O trecho da BR-376, em Mandaguaçu, será fechado parcialmente neste sábado e domingo (13) para colocação de vigas em um viaduto que está em construção. De acordo com a Concessionária Viapar, o trânsito será interrompido em intervalos de 15 a 20 minutos.
Aumento de tráfego no oeste
A Concessionária Ecocataratas estima que cerca de 239 mil veículos vão passar pela rodovia BR-277, entre Foz do Iguaçu e Guarapuava, neste feriado. Isso representa um aumento de 32% se comparado com dias normais. A maior circulação está prevista para sábado, com aumento de 60% no fluxo na rodovia, e na terça-feira com aumento de 59%.
Obras de duplicação que ocorrem entre os quilômetros 580 e 584, em Cascavel, e 344 e 346, em Guarapuava, serão realizadas fora da pista.


Com informações, G1 Paraná

homem limpa terreno e despeja entulhos na casa da ex mulher

A Polícia Civil de Maringá recebeu uma denúncia inusitada na manhã desta quinta-feira (10). Uma moradora acusa o ex-marido de encher seu quintal de entulhos e ainda quebrar o portão. Revoltada, ele pediu providências e registrou um boletim de ocorrência. A comerciante Vanda Ferreira ficou casada com o ex por 17 anos e há dois está divorciada. Os dois tinham um terreno juntos e cada um ficou com uma metade, sendo que a mulher usou a área para construir uma casa. Ela contou que o antigo companheiro não costumava cuidar do terreno e populares usavam o local para descarte irregular de lixo. Nessa quarta-feira (9), a mulher chegou do trabalho e encontrou os entulhos em seu quintal, supostamente jogados pelo ex, que ainda danificou o portão da residência. Vanda declarou que vai limpar o local e se desfazer do lixo, que tem até um guarda-roupas e um pedaço de sofá, porém, quer que o acusado pague o prejuízo do portão. “Fiquei revoltada. Não quero o amor dele nem de graça”, declarou a comerciante, que hoje está no segundo casamento.





Fonte: Massa News

Em delação, empreiteiro diz ter repassado R$ 8 milhões a Lula em dinheiro


Reportagem da revista IstoÉ desta semana aponta que o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, disse, em acordo de delação premiada dentro da operação Lav Jato, ter repassado R$ 8 milhões em dinheiro vivo, pessoalmente. Segundo a revista, os repasses foram efetuados, em sua maioria, quando Lula não era mais presidente. O maior fluxo ocorreu entre 2012 e 2013. O dinheiro viria do setor de Operações Estruturadas da Odebrecht – conhecido como “departamento da propina” da empresa. Segundo já revelado pela Polícia Federal, aproximadamente R$ 8 milhões foram transferidos ao petista. Segundo apurou a IstoÉ junto a fontes que tiveram acesso à delação, o dinheiro repassado a Lula em espécie derivou desse montante. Os pagamentos em dinheiro vivo fariam parte do que investigadores costumam classificar de “método clássico” da prática corrupta. Em geral, é uma maneira de evitar registros de entrada, para quem recebe, e de saída, para quem paga, de dinheiro ilegal. O depoimento seria a prova de que, o petista não só esteve presente durante as negociações envolvendo dinheiro sujo como aceitou receber em espécie, talvez acreditando piamente na impunidade, afirma a revista. Além de Marcelo Odebrecht, no corpo da delação da empreiteira Lula seria citado por Emílio Odebrecht, Alexandrino Alencar, ex-executivo da empresa, e o diretor de América Latina e Angola, Luiz Antônio Mameri. Faz parte do pacote de depoimentos relatos sobre uma troca de mensagens eletrônicas entre Mameri e Marcelo Odebrecht. Nessas conversas ficaria clara a participação de Lula para a aprovação de projetos da empreiteira no BNDES. Em seu depoimento, o diretor confirmou as mensagens e disse que as influências de Lula e do ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, hoje preso, foram decisivas para a aprovação de projetos definidos exatamente como foram concebidos nas salas da Odebrecht, sem que fossem submetidos a nenhum tipo de checagem. Mameri citou obras em Angola e Cuba.