sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Usuário de maconha em Sarandi, mantém planta em casa para não comprar de traficante


Um usuário de drogas foi flagrado com um pé de maconha pela Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (18), no bairro Triângulo, em Sarandi (a sete quilômetros de Maringá). O rapaz de 26 anos foi encaminhado à delegacia. Uma denúncia chegou até a Polícia Civil informando sobre a existência da maconha. Uma equipe de investigadores foi enviada ao local e, com a autorização do morador, fez buscas, com o achado da planta. O jovem, que tem emprego fixo, defende que é usuário de maconha e que cultiva em casa para não precisar comprar de traficantes, versão que a polícia acredita ser verdadeira. O vaso e o acusado foram levados delegacia à delegacia.


 




Dois homens são presos por suspeita de assassinato em Sarandi



Nesta quinta-feira (17), a Polícia Civil de Sarandi deflagrou uma operação para cumprimento de seis mandados no Jardim Universo, quatro deles de busca e apreensão e dois de prisão. Segundo informações, foram detidos dois homens, um de 26 e outro de 40 anos. A polícia investiga o caso de um rapaz de 28 anos que está desaparecido há mais de 40 dias. De acordo com a Polícia Civil, os dois homens presos teriam matado o rapaz que desapareceu, supostamente por conta de tráfico de drogas. Um dos suspeitos já havia assassinado o irmão do desaparecido há oito anos. Na operação, foram apreendidas, ainda, duas espingardas. A polícia acredita na morte do desaparecido e segue com as investigações.

Homem é acusado de assediar menina de sete anos

Um homem é acusado de assediar uma menina de sete anos em Campo Mourão. O boletim de ocorrência foi registrado pela mãe da criança depois que a filha contou que havia sido molestada. Segundo informações, o acusado tem 52 anos e teria ido até a casa dela procurando a avó da garotinha e, enquanto esperava a mulher, teria passado a mão na coxa direita da menina. Ainda de acordo com o relato, a criança correu e o acusado teria a perseguido mostrando as partes íntimas. Quando a avó chegou, ele já havia ido embora. O acusado está sendo procurado pela Polícia Militar.




Com informações O Diário

Paraná registra queda de 44% no número de mortes no trânsito


O Paraná registrou em 2015 o menor número de mortes no trânsito dos últimos quatro anos. Dados compilados pelo Departamento de Trânsito do Estado (Detran) - com registros das Polícias Rodoviárias Federal e Estadual, Polícia Militar e prefeituras - mostram que no ano passado houve 1,6 mil vítimas fatais nas estradas e ruas paranaenses. 

Em 2012, foram 2,9 mil registros, caindo para 2,6 mil em 2013 e 2014. A diferença no período chega a 44%. No domingo (20), ações especiais lembram o Dia Mundial em Memória a Vítimas de Trânsito. No Estado houve também redução de acidentes com vítimas (-17,9%), na quantidade de vítimas não fatais (-17,7%) e no total de vítimas ( -18,9%).

 De acordo com o diretor-geral do Detran, Marcos Traad, apesar dos bons indicativos, ainda é preciso fazer mais. “O ideal seria que nenhuma família tivesse que lembrar dos seus entes queridos nesta data. O trabalho de educação e fiscalização está no caminho certo, mas ainda temos um longo percurso pela frente, disse”. “O Governo do Paraná retomou os investimentos em campanhas educativas e hoje trabalha no chamado tripé da segurança viária: educação, fiscalização e engenharia de tráfego. Além disso, as leis de trânsito ficaram mais rígidas no período, em especial a Lei Seca”, completa.

Homem é preso acusado de estuprar enteada de 12 anos


Acusado de estuprar a enteada de 12 anos, um homem de 35 anos foi preso nessa quinta-feira (17) e levado à 9ª Subdivisão Policial de Maringá. Ele é casado com a mãe da menina, com quem tem um bebê. A mulher teria flagrado o abuso e denunciado à polícia. O homem ainda daria pílula do dia seguinte à garota para que ela não engravidasse, um dos fatos que está sendo investigado pela Polícia Civil.



Fonte: André Almenara