Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 26, 2016

Mulher é presa por racismo contra PM em Campo Mourão

Uma mulher foi presa no fim da tarde deste domingo (25) acusada de racismo contra um policial militar, em Campo Mourão, interior do Paraná. Na defesa do filho, acusado de provocar um acidente, ela ofendeu um cabo negro da Polícia Militar. A situação teve várias testemunhas, que filmaram a ocorrência. A mulher se apresentou como policial federal, integrante da equipe do juiz Sérgio Moro e  opolicial pediu que ela apresentasse um documento comprovando o cargo, porém, segundo informações da PM, ela disse que não mostraria nenhum documento aum “mero policial militar, sem cultura.”  A mulher chamou o policial de  “negão, macaco e porco”. Ela foi encaminhada à 16ª Subdivisão Policial.

Homem recebe ameaças e é baleado na própria casa em Maringá

Um homem foi baleado na própria casa no fim da noite desse domingo (25), no Jardim Alvorada, zona norte de Maringá. O crime aconteceu na Avenida Franklin Delano Roosevelt e mobilizou equipes do Siate, Samu e Polícia Militar. Segundo informações da PM, um homem foi até a residência de Cristiano Domingos da Silva, 37 anos, fez ameaças e efetuou os disparos, fugindo em seguida. Os socorristas do Corpo de Bombeiros encontraram a vítima baleada nas costas e também no abdômen, acionando o apoio do médico do Samu. Em estado grave, mas sem risco de morte, o homem foi encaminhado ao Hospital Universitário da Maringá. A motivação do crime e sua autoria, que seria de um conhecido de Silva, serão investigadas.


Com informações, Massa News