Mãe deixa menino com deficiência física sozinho em casa para ir a bar

Um menino de 4 anos, com deficiência física, foi encontrado sozinho em uma casa em Londrina, no norte do Paraná, na madrugada de domingo (23). A criança foi encontrada com fome e trancada dentro um quarto do imóvel localizado na Zona Norte. A Polícia Militar e o Conselho Tutelar disseram que a mãe da criança estava em um bar. Vizinhos da casa onde o menino foi encontrado denunciaram a situação à polícia, pois ouviram ele chorar. A conselheira tutelar Regina Iwamoto relata que o menino estava com fome quando foi encontrado. “Um vizinho deu um lanche e os policiais deram chocolates que tinham na hora para acalmá-lo. Uma situação lamentável, porque a criança precisou se arrastar até a janela do quarto para pedir socorro. A casa também estava toda bagunçada, em uma situação deplorável”, pontua a conselheira. Conforme a polícia, a mãe do menino saiu da casa por volta das 23h50 de sábado (22) e só retornou por volta das 4h30 de domingo. Aos policiais e à conselheira tutelar, a mulher disse que era a primeira vez que tinha deixado o filho em casa sozinho. “A mãe falou que era a primeira vez, mas a criança contou que sempre vê a mãe se arrumando e fazendo maquiagem. Agora vamos encaminhar o caso à Vara da Infância e da Juventude”, relatou Regina Iwamoto. A mulher de 26 anos foi presa e levada à Delegacia da Polícia Civil. Conforme o Conselho Tutelar, ela pagou fiança de R$ 2 mil e foi solta. O menino foi entregue a uma avó ainda na madrugada de domingo, e, na manhã desta segunda-feira (24), a guarda passou para o pai e madrasta. O pai relatou ao Conselho Tutelar que não tinha contato frequente com o menino porque a mãe não deixava. O Conselho Tutelar informou que encaminhará um relatório sobre o caso à Justiça. É a Vara da Infância que definirá com qual dos pais a guarda da criança ficará. 

 Fonte G1

Comentários

As mais visitadas

OCORRÊNCIAS DO SETOR POLICIAL EM MARINGÁ FINAL DE SEMANA

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Sarandi concorre ao Prêmio Gestor Público Paraná