terça-feira, 11 de julho de 2017

Marialva registra somente seis casos de Dengue no primeiro semestre

A Vigilância Epidemiológica de Marialva divulgou o Boletim Informativo da Dengue referente a vigésima sétima semana de 2017. No total foram notificados 110 casos, sendo que 99 foram descartados, cinco aguardam os resultados dos exames e seis foram positivos. O boletim compreende o período entre primeiro de janeiro até o dia oito de julho. O Centro, jardim Planalto e o parque Industrial registraram um caso positivo para Dengue, cada bairro. No residencial Zambaldi foram registrados os outros três. No mesmo período do ano passado, a Vigilância Epidemiológica de Marialva notificou 747 casos, desses, 394 foram positivos para Dengue na cidade. Desde o começo do ano, a administração vem realizando “Mutirões de Limpeza” a cada 15 dias. Esse trabalho envolve os servidores das áreas da Saúde, Infraestrutura e voluntários de vários setores. Durante a semana os moradores dos bairros escolhidos são avisados e orientados a colocar nas calçadas, em frente de suas casas, os materiais que acumulam água e estão depositados nos quintais. As equipes já realizaram ações na região do João de Barro, Planalto, Presidente, Vila Antonio, Zambaldi, Vila Messias, Conjuntos Marialva 1, 2 e 3, Hamada, Maria Zilda, Tropical, Jardim Custódio, Vila Brasil, Novo Horizonte, Shenandoá, Jardim Itália e uma parte do Centro. De acordo com o prefeito de Marialva, Victor Martini, o trabalho vai continuar até chegar em todas as áreas da cidade. “Estamos muito animado com o resultado e o que importa é a saúde da nossa população”, explica Martini. O secretário municipal de Saúde, José Orlando Villa, disse que Marialva foi elogiada pela 15ª Regional de Saúde, por manter esse trabalho efetivo. “Estamos em guerra contra o mosquito. Dá bastante trabalho, mas é só assim que conseguiremos acabar com a doença, caso contrário não tem jeito”, ressalta Villa.

Nenhum comentário: