Servidora que batia ponto sem trabalhar está na lista de contemplados do 'Minha Casa, Minha Vida'

A servidora da Câmara Municipal de Cascavel, no oeste do Paraná, exonerada depois de flagrada batendo o ponto e voltando para casa sem trabalhar está na lista de contemplados pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”. De acordo com a denúncia, ela está habilitada para receber um imóvel no Conjunto Riviera.
Para se encaixar nos requisitos do programa, no entanto, entre outros, a renda familiar limite é de até R$ 1,6 mil, valor superior ao que estaria recebendo no cargo de assuntos comunitário da Câmara.
Em nota, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Cascavel informou que a entrega da documentação para a inclusão no programa foi feita pela ex-servidora em 2016, e que, na época, obedecia aos requisitos. Além disso, o município deve pedir uma nova avaliação cadastral.

Fonte: G1 Noroeste

Comentários

As mais visitadas

Petrobras anuncia novo reajuste na gasolina; preço sobe 7%