Crianças e professora morrem queimadas em creche de MG

Quatro crianças e uma professora de uma creche municipal de Janaúba, no norte de Minas Gerais, morreram queimadas na manhã desta quinta-feira (5). Damião Soares dos Santos, de 50 anos, jogou álcool nas crianças e nele mesmo e, depois, ateou fogo. Santos chegou a ser levado ao hospital, mais não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Em relatos de moradores publicados em redes sociais, há a informação de que Santos era funcionário da escola até pouco tempo atrás. Ele estaria revoltado com a exoneração. 

Cerca de 50 alunos, além de professores e funcionários, estavam no recreio no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente no momento em que aconteceu o incidente. 

Viaturas, bombeiros e policiais militares e civis de ao menos cinco cidades foram acionados no local no momento do incêndio. mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Pelo Facebook, moradores de Montes Claros, cidade mineira a duas horas de distância de Janaúba, estavam se oferecendo para dar abrigo, banho e alimentação para pais de crianças que tiveram de viajar para acompanhar o atendimento as seus filhos na tarde desta quinta-feira (5). 

O governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), estava se dirigindo à região no fim da tarde desta quinta-feira (5). Pelo Twitter, ele divulgou nota em que afirma que "todo o dispositivo médico necessário para o socorro das vítimas já foi acionado".

Comentários

As mais visitadas

Requião, Eduardo, Ghilardi e Jacob condenados a pagar R$ 920 mil por propaganda irregular

Mulher é assassinada e tem galho introduzido nas partes íntimas

Educação aprova incentivo a adicional para professor que ensinar em presídios