Crianças e professora morrem queimadas em creche de MG

Quatro crianças e uma professora de uma creche municipal de Janaúba, no norte de Minas Gerais, morreram queimadas na manhã desta quinta-feira (5). Damião Soares dos Santos, de 50 anos, jogou álcool nas crianças e nele mesmo e, depois, ateou fogo. Santos chegou a ser levado ao hospital, mais não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Em relatos de moradores publicados em redes sociais, há a informação de que Santos era funcionário da escola até pouco tempo atrás. Ele estaria revoltado com a exoneração. 

Cerca de 50 alunos, além de professores e funcionários, estavam no recreio no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente no momento em que aconteceu o incidente. 

Viaturas, bombeiros e policiais militares e civis de ao menos cinco cidades foram acionados no local no momento do incêndio. mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Pelo Facebook, moradores de Montes Claros, cidade mineira a duas horas de distância de Janaúba, estavam se oferecendo para dar abrigo, banho e alimentação para pais de crianças que tiveram de viajar para acompanhar o atendimento as seus filhos na tarde desta quinta-feira (5). 

O governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), estava se dirigindo à região no fim da tarde desta quinta-feira (5). Pelo Twitter, ele divulgou nota em que afirma que "todo o dispositivo médico necessário para o socorro das vítimas já foi acionado".

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse