Cachorro pintado para esconder furto passa por tratamento


A denúncia de uma moradora ajudou a Polícia Civil a encontrar um cachorro que havia sido furtado no mês de junho, em Mandaguari. A autora do furto pintou o animal com uma tinta de cabelo, para que o proprietário e a polícia não o identificassem. Segundo o proprietário, o cachorro passa bem, mas segue em tratamento, pois a tinta utilizada para pintá-lo causou alergia na pele.
A equipe localizou o cachorro na manhã de sexta-feira (13), no bairro Jardim Madrid. De acordo com o dono do cachorro, uma vizinha testemunhou o furto. Segundo informações da polícia, uma denúncia anônima ajudou a identificar o local onde estava o animal.
A moradora do local onde o cachorro furtado estava relatou que o cão foi encontrado e dado de presente pelo ex-companheiro, que reside em Maringá, para a filha. A mulher foi encaminhada a delegacia para prestar esclarecimentos e depois foi liberada. A Polícia Civil continua nas investigações.

Comentários

As mais visitadas

OCORRÊNCIAS DO SETOR POLICIAL EM MARINGÁ FINAL DE SEMANA

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Sarandi concorre ao Prêmio Gestor Público Paraná