quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

LEIAM COM ATENÇÃO ESTE ARTIGO

Chegou a vez do povo... e a vez do povo?

O processo eleitoral de Sarandi, em 2008, principalmente, a campanha de rua foi marcada pelo contraste das bandeiras de cores brancas, azuis, verdes e vermelhas e pelas canções temáticas das coligações. Os militantes da coligação vencedora, diariamente, percorriam as principais ruas da cidade com bandeiras brancas portadoras do sentido de paz para a cidade e para seus moradores. A marcha era embalada pelo som da canção “Chegou a vez do povo... Chegou a vez do povo...” Canção que rapidamente foi assimilada e cantada por grande parte da população. Era o povo envolvido emocionalmente no processo eleitoral.



Porém, os estrategistas, candidatos e militantes esqueceram-se de que a canção "Chegou a vez do povo... Chegou a vez do povo..." calcada no imaginário popular produziu sentidos extraordinários. Entre eles, destacamos: o atendimento à saúde do povo será melhor, os serviços de educação e assistência social serão melhores, o asfalto vai ser levado para todos, enfim, o povo de Sarandi será prioridade absoluta no período de 2009-2012.



Essas esperanças produzidas, sob a emoção do período eleitoral de Sarandi, em 2008, pelo sentido da cor branca das bandeiras e pela canção "Chegou a vez do povo... Chegou a vez do povo..." logo foram dissipadas no primeiro ano da atual administração, pois assistimos ao desmonte das políticas públicas de educação, saúde, assistência social produzidas no período anterior.



Constatamos, nesse momento, pessoas sem atendimento à saúde, a falta dos agentes de saúde, a ameaça de uma epidemia de dengue, a falta de medicamentos nos postos de saúde, o fechamento da farmácia popular, a falta de atendimento na Clínica Odontológica, a interrupção dos programas do fundo rotativo das escolas, do uniforme escolar, do Mês do Livro e da Leitura, dos Ambientes Educativos de Informática, do curso pré-vestibular comunitário etc.



E, lamentavelmente, nesse momento, tomamos conhecimento das denúncias de atos de corrupção praticados no bojo da administração municipal. Segundo as informações, essa administração é alvo de mais de quarenta inquéritos e da investigação da Câmara de Vereadores, por meio de uma Comissão Processante o que poderá, caso sejam comprovadas as denúncias, resultar na cassação do mandato do prefeito.



Cabe-nos, então, aguardar, confiantemente, a averiguação dos fatos pelo Ministério Público e pela Câmara de Vereadores e, como já se disse, anteriormente, se as denúncias forem comprovadas, a punição dos culpados, pois é inadmissível que numa cidade em que grande parte da população necessita, essencialmente, dos serviços públicos, para a produção da vida a corrupção seja permitida.



E ao povo que acreditou nas promessas de campanha, agora, sem o calor da emoção, produzido no período eleitoral de 2008, resta-lhe juntar-se aos indignados com as denúncias, retomar as bandeiras e a canção "Chegou a vez do povo... Chegou a vez do povo...", ampliando os seus versos, pois Chegou a vez do povo de dizer não à corrupção. Chegou a vez de o povo dizer aos governantes, aos representantes do povo na Câmara de Vereadores e às autoridades do poder Judiciário para que zelem dos recursos do poder público municipal, para que os sarandienses continuem tendo acesso aos serviços de saúde, educação e assistência social, entre outros.



Autor:

Professor José Luiz de Araújo

Mestre em Letras

UEM

Um comentário:

leandro disse...

Com todo respeito,
Gostaria de perguntar ao ex-secretário da educação (por oito anos diga-se de passagem) qual o piso salarial que ele, lutando pelo povo, deixou para os mesmos em 2008?
Adianto logo que não sou partidário de nenhuma das correntes de politicagem mencionadas acima, saliento apenas que desde as primeiras formas de governo o povo vem sendo expropriado.
Parafraseando José Saramago, realmente precisamos rediscutir a palavra democracia e a forma de governo que ela representa.

DESTAQUE

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Na tarde da última quinta-feira (04), o Prefeito Walter Volpato (PSDB) recebeu em seu gabinete, o Diretor Presidente do FUNDEPAR – Inst...