quarta-feira, 10 de novembro de 2010

MP/PR denuncia ex-prefeito em Roncador

O Ministério Público do Paraná ajuizou ação criminal em relação ao ex-prefeito de Roncador, Joaquim Rodrigues da Silva, por desvio de materiais de construção ocorrido entre os anos de 1994 e 1996, relativamente a verbas recebidas pelo Município para a construção de um posto de saúde de 360 metros quadrados, oriundas de convênio com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano, no valor de R$ 54.200,77.

O fato já é objeto de ação civil pública de improbidade ajuizada pelo próprio Município de Roncador e as provas coletadas durante a investigação da Promotoria revelaram que o então Prefeito realizou a aquisição e o pagamento de materiais de construção em quantidade bastante superior ao planejado com os termos do convênio, sob o argumento de ampliação unilateral da obra, mas na realidade referida construção não foi concluída e grande quantidade dos materiais adquiridos jamais foi utilizada, tendo sido desviada para fins desconhecidos. Se condenado, o ex-prefeito pode cumprir uma pena de até 12 (doze) anos de reclusão.

Nenhum comentário:

DESTAQUE

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Na tarde da última quinta-feira (04), o Prefeito Walter Volpato (PSDB) recebeu em seu gabinete, o Diretor Presidente do FUNDEPAR – Inst...