quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Professora é suspeita de agredir alunos em escola do interior de SP

Uma professora de 62 anos é suspeita de agredir três alunos de 8 anos com socos e empurrões nesta terça-feira (9) em Ribeirão Preto, a 313 km de São Paulo. A professora e os pais dos alunos acabaram na delegacia. As crianças – duas meninas e um menino - apresentavam sinais leves de agressões.

De acordo com o garoto, a professora deu um soco em sua boca, sem razão. Ele admite que depois jogou um apagador nela e que, por isso, ficou de castigo. Uma outra aluna teria sido impedida de sair da sala para fazer xixi. Após urinar nas calças, tentou se trocar e teria sido jogada contra a parede. Uma outra aluna, que ajudava a amiga, diz que também foi agredida.

“Cheguei para pegar meu filho e ele me disse que levou um soco. Vi os outros pais reclamando também”, afirmou a auxiliar de limpeza Nelzira Moreira de Amorim, mãe do garoto.

Em depoimento, a professora, que trabalha na Escola Estadual Deputado Orlando Jurca, no bairro Simioni, disse que apenas se defendia das agressões.

O caso foi registrado na polícia como lesão corporal. Nesta quarta-feira (10), as crianças devem passar por exames de corpo e delito. A Secretaria de Educação do Estado afirmou que irá apurar o caso.

Nenhum comentário:

DESTAQUE

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Na tarde da última quinta-feira (04), o Prefeito Walter Volpato (PSDB) recebeu em seu gabinete, o Diretor Presidente do FUNDEPAR – Inst...