quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Qualquer semelhança com a Câmara de Sarandi é mera coincidência



Uma deputada peronista dissidente esbofeteou um colega governista durante um debate nesta quarta-feira (17) no Congresso da Argentina. A cena foi flagrada pelas câmeras e repercutiu na Internet.

O incidente ocorreu durante uma sessão de uma comissão parlamentar que apurava supostas pressões sobre a aprovação do Orçamento de 2011.

A deputada Graciela Camaño levantou de sua cadeira, aproximou-se do colega Carlos Kunkel, que estava com a palavra, deu um tapa nele e se afastou. As atividades foram suspensas.

Graciela disse a jornalistas que agrediu Kunkel porque estava “cansada” de ser agredida verbalmente por ele. A deputada disse que o colega tem o hábito de criticar seu marido e de dizer que ela é “apenas a mulher dele”.

Graciela é casada com o sindicalista Luis Barrionuevo, forte opositor do governo de Cristina Kirchner, e aliado do ex-presidente Eduardo Duhalde. Kunkel é aliado da presidente.

Ela disse que se sentia “tranquila” depois da agressão.

Nenhum comentário:

DESTAQUE

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Na tarde da última quinta-feira (04), o Prefeito Walter Volpato (PSDB) recebeu em seu gabinete, o Diretor Presidente do FUNDEPAR – Inst...