sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Ex-prefeito é condenado a devolver R$ 525 mil

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Guarapuava, Vitor Hugo Ribeiro Burko, a devolver R$ 525.734,83, valor atualizado, ao Tesouro Nacional.

O ex-prefeito não comprovou a aplicação de parte dos recursos recebidos para o Programa Morar Melhor, do ministério das Cidades. O objetivo do contrato era a construção de 100 unidades habitacionais na área urbana, no bairro Morro Alto, e 25 na área rural, em Gramados.

O responsável também foi multado em R$ 20 mil. Cópia da decisão foi enviada à Procuradoria da República no Estado do Paraná. O ministro Valmir Campelo foi o relator do processo. Cabe recurso da decisão.


Radamés agora é Capitão

De acordo com as informações, o ex-comandante da policia militar de Sarandi Tenente Radamés Luciano Vinha, foi prmovido a Capitão.

Sucesso ao agora Coronel Radamés, pois sem sombra de dúvidas é um grande profissional.
Para diminuir acidentes, PR-323 ganhará redutores eletrônicos de velocidade


Dois trechos da PR-323 vão receber redutores eletrônicos de velocidade. A informação foi divulgada na quarta-feira (1º) durante reunião envolvendo representantes da Prefeitura de Cianorte e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). O objetivo da medida é reduzir o número de acidentes no na estrada, que foi apelidada de "Rodovia da Morte", devido ao elevado número de acidentes e vítimas.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, um dos aparelhos está sendo custeado pelo DER, que, na semana passada, autorizou a compra da lombada eletrônica na região do All Shopping em Cianorte. Técnicos do órgão estudarão o local mais adequado para o redutor, que deve ter como limite máximo de 60 Km/h de velocidade.

O outro aparelho será adquirido pela prefeitura e deve ser instalado próximo ao trevo de acesso ao Distrito de São Lourenço.

Durante a reunião, o superintendente regional do DER e presidente da Associação dos Engenheiros do DER, Otávio José Silveira da Rocha, defendeu o uso do equipamento. “Eles não são agressivos como as lombadas convencionais (físicas) e não causam danos aos carros. Apenas registram que um veículo não respeitou a velocidade máxima determinada, garantindo o fluxo de carros em velocidade adequada e segura, sem trazer danos aos outros”, afirmou ao site da prefeitura de Cianorte.

DESTAQUE

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Na tarde da última quinta-feira (04), o Prefeito Walter Volpato (PSDB) recebeu em seu gabinete, o Diretor Presidente do FUNDEPAR – Inst...