segunda-feira, 2 de maio de 2011

Ex-vereador é condenado por exigir dinheiro de assessor

O Juízo da 3ª Vara Criminal de Maringá condenou o então vereador Altamir Antônio dos Santos a três anos, quatro meses e 16 dias de reclusão pelo crime de concussão, por ter exigido parte do salário de um servidor comissionado que trabalhava em seu gabinete como assessor parlamentar. Santos ocupou o cargo entre 2001/2004 e 2005/2008.

A decisão atende ação penal proposta pelo Ministério Público do Paraná em junho de 2007. A pena de reclusão, porém, foi substituída por duas penas restritivas de direitos. Assim, o ex-vereador deve pagar multa equivalente a um salário mínimo por 40 meses a entidade pública ou privada com destinação social e a prestar serviços comunitários.

Ainda não foram definidas as entidades que receberão o dinheiro e os préstimos do ex-parlamentar. Este foi o segundo caso de condenação de político que pedia parte dos vencimentos de servidores registrado em Maringá. O primeiro foi da ex-vereadora Edith Dias de Carvalho – atualmente secretária municipal de Esporte e Lazer.


Nenhum comentário:

DESTAQUE

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Na tarde da última quinta-feira (04), o Prefeito Walter Volpato (PSDB) recebeu em seu gabinete, o Diretor Presidente do FUNDEPAR – Inst...