terça-feira, 8 de novembro de 2011

Sarandi se mobiliza para acabar com a violência


O prefeito de Sarandi Carlos Alberto de Paula Junior se reuniu hoje (8), novembro na prefeitura, com a Polícia Militar, delegados, Associação Comercial de Sarandi e com o Conselho de Segurança Municipal, para tratar da segurança da cidade.

Segundo De Paula, o município não pode continuar com um número tão elevado de homicídios é preciso que uma ação efetiva seja tomada já. ”Não podemos ficar de braços cruzados vendo a violência aumentar dia a dia. Temos que unir forças pra proteger a nossa comunidade, reuni os representantes de todas estas entidades para montarmos um plano de ação, que vamos por em pratica ainda hoje ”,explica o prefeito.

Durante a reunião ficou decidido que o Quarto Batalhão de Maringá vai ajudar nas ações que serão feitas na cidade. A polícia vai fazer arrastões, batidas policiais e blitz, para inibir o comércio de drogas, que segundo a polícia é o grande responsável pelo número de homicídios. O governo do Estado já enviou para Sarandi mais 6 investigadores, que estão recebendo treinamento e logo estarão fazendo parte do efetivo. Sarandi tem hoje 7 investigadores na ativa.

De Paula conta que a Rotam também vai fazer um trabalho mais ostensivo no município. E também está sendo ativada a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu). Estas ações são operações conjuntas entre a Polícia Militar, Bombeiros, Conselho Tutelar, Secretaria do Meio Ambiente e fiscais da prefeitura de Sarandi. Nestas batidas são verificados desde o alvará de funcionamento até as condições sanitárias, sempre apoiadas pela policia.

A guarda municipal de Sarandi vai trabalhar também em conjunto com a Polícia Militar, assim que os agentes que foram contratados através de concurso terminem as etapas do treinamento. “Nossa guarda municipal vai trabalhar armada, para poder ajudar a policia militar, nós temos que cobrar ações do governo, mas também temos que fazer a nossa parte. Nós vamos organizar um manifesto, com todas estas entidades que são responsáveis pela segurança na cidade, para sensibilizarmos o governo do estado, temos urgência não podemos esperar mais”, diz o prefeito.

Sarandi

Refis 2011 termina mês que vem

O Programa de Recuperação Fiscal de Sarandi, (Refis 2011) termina no dia 23 de dezembro. Os contribuintes que ainda não quitaram seus débitos com o IPTU -Imposto Predial e Territorial Urbano, ISS - Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, Alvará e Autos de Infração,ainda podem procurar a prefeitura para negociar.

A prefeitura está dando desconto de 100% nos juros e multas, valor a vista em até 6 pagamentos para o IPTU, ISSQN e taxas. Valor a vista em até 12 vezes para pagamento do asfalto.

Com informações Assessoria de Comunicação Social de Sarandi
TCU recomenda paralisação de 26 obras do governo federal, que inclui o Contorno Norte


O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou nesta terça-feira o relatório Fiscobras 2011, em que recomenda a paralisação de 26 obras federais e apresenta outras três em que o pedido de interrupção ainda está pendente de apreciação. A "lista negra" será enviada ao Congresso Nacional para subsidiar a Comissão Mista de Orçamento (CMO) sobre a distribuição de recursos orçamentários.

Entre as irregularidades graves encontradas estão superfaturamento e projetos básicos deficientes ou desatualizados. O relatório também destaca a restrição ao caráter competitivo de licitações.
Entre as principais obras em que o TCU recomendou a paralisação estão a ferrovia Norte-Sul em Tocantins, a refinaria Abreu e Lima em Pernambuco, a implantação da linha 3 do metrô do Rio de Janeiro e o contorno rodoviário de Maringá, no Paraná. Também foi recomendada a paralisação da construção da BR-440, em Minas, obra que, no entanto, não faz parte do Fiscobras.

Em 2011, foram fiscalizadas 230 obras por meio do Fiscobras, e as correções propostas podem gerar benefícios de até R$ 2,6 bilhões aos cofres públicos, segundo informações do tribunal. O valor fiscalizado chega a R$ 36,7 bilhões. Do total, apenas oito obras foram aprovadas sem ressalvas. Completam a lista sete obras com indícios de irregularidades graves com recomendação de retenção parcial de valores; 155 com indícios de irregularidade grave com recomendação de continuidade; e 31 com indícios de outras irregularidades.
O relator, ministro Raimundo Carreiro, no entanto, destacou que o número de obras com indicativo de paralisação vem diminuindo ao longo do tempo: eram 121 em 2001. Ele também informou que obras perto da conclusão não entraram na lista em que se recomenda a paralisação.

O TCU leva em conta o perigo de dano reverso. Não existe obra com IG-P (índice de irregularidades graves com recomendação de paralisação) em estágio final de sua execução.
De todas as obras fiscalizadas, a maioria é do transporte (51%), mas em termos orçamentários, lidera o setor de energia, com 64% dos recursos fiscalizados, principalmente devido às obras da Petrobras. Por região, há 69 obras no Nordeste, totalizando R$ 16,2 bilhões fiscalizados. Em seguida vem Sudeste (60 obras - R$ 14,5 bilhões), Centro-Oeste (35 obras - R$ 2,5 bilhões), Norte (36 obras - R$ 2 bilhões) e Sul (30 obras - 1,5 bilhão).


Dnit e Valec, órgãos ligados ao Ministério dos Transportes, tiveram respectivamente seis e duas obras recomendadas para paralisação em 2011. O Dnit foi o órgão com mais obras a se enquadrar nesse perfil, mas foi elogiado pelo relator. Segundo o ministro, vem diminuindo o percentual de obras com irregularidades graves sob responsabilidade do Dnit. No Fiscobras de 2011, 87 obras do órgão foram fiscalizadas.
Administração municipal de Sarandi discute hoje a segurança do município


O Prefeito Carlos Alberto de Paula Junior se reúne hoje, (8) de novembro às 10h30min, na prefeitura, com a policia militar, delegados, Associação Comercial de Sarandi e com o Conselho de Segurança Municipal, para tratar da segurança da cidade.

Com informações Assessoria de Comunicação

DESTAQUE

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Na tarde da última quinta-feira (04), o Prefeito Walter Volpato (PSDB) recebeu em seu gabinete, o Diretor Presidente do FUNDEPAR – Inst...