terça-feira, 12 de março de 2019

Presidente da Câmara é alvo de pedido de cassação após vazamento de nudes nas redes sociais


O vereador Eugênio Serpeloni, presidente da Câmara Municipal de Rolândia, pode ter o seu mandato cassado por quebra de decoro parlamentar. Um pedido de cassação foi protocolado pelos deputados Boca Aberta e Boca Aberta Jr., depois que um vídeo íntimo de Serpeloni circulou pelas redes socais.
De acordo com o documento, o vídeo exibe o presidente com a língua para fora e direcionando a câmera do celular até seu órgão genital. Nas imagens, o vereador ainda mostra o seu pênis e diz palavras obscenas.

Na denúncia, os vereadores acusam Eugênio de quebra de decoro parlamentar e caracterizam o ato como “atentado à moral e aos bons costumes”, que “deve ser exemplarmente punido pelas leis da casa”.

O presidente da Câmara usou as redes sociais para comentar o assunto. Em uma publicação no Facebook, ele afirmou que a gravação "foi feita em um momento íntimo pessoal" e que não compartilhou o conteúdo com ninguém. Serpeloni alegou também que a denúncia não tem fundamentos, já que o vídeo caracteriza foro íntimo e não tem relação com o trabalho exercido na Câmara Municipal.

Nenhum comentário:

DESTAQUE

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Na tarde da última quinta-feira (04), o Prefeito Walter Volpato (PSDB) recebeu em seu gabinete, o Diretor Presidente do FUNDEPAR – Inst...